TEMA MONOGRAFIA EDUCAÇÃO – O ERRO CONSTRUTIVO EM SALA DE AULA

 

A área da Educação é fascinante, vez que contribui para o desenvolvimento intelectual e social da criança. Assim, vários temas podem ser abordados em monografias de educação.

Entretanto, por consideramos que o feedback dados pelo professor após erro do aluno, evidenciando em uma questão de prova por exemplo, é fator interessante para uma monografia de educação, já que tratar-se-á da possibilidade que o educando terá de entender o que não compreendeu em aula, bem como de vir a compreender

Através do processo de avaliação do que levou o aluno ao erro e da indução para o aluno pensar de forma certa, pode-se chegar a um aprendizado eficiente.

Fazendo-se com que o aluno pense nas possibilidades, questionando-o e trabalhando junto com ele para a resolução de alguma questão, o professor estará contribuindo para que o aluno chegue à resposta por ele mesmo. Não basta, então, dizer que a resposta está errada. Deve-se, assim, levar o aluno a pensar sobre o erro e sobre o caminho que o levará ao acerto.

O erro, desta forma, é tido como um valioso indicador dos caminhos seguidos pelo aluno para chegar a resposta. Logo os caminhos são mais importantes do que o resultado em si. O erro passa a ser construtivo, à medida em que impulsiona o aluno a procurar o acerto.

Pelos princípios construtivos da educação o professor deverá ser um mediador da relação entre o sujeito que aprende e o objeto do conhecimento. E, para que seja um mediador eficiente, o professor necessita de instrumentos a fim de poder detectar, com clareza, o que o aluno sabe ou não.

Um mediador é alguém que, em cada momento, em cada circunstância, toma decisões pedagógicas conscientes: nunca está limitado a corrigir ou deixar errada, pois além de informar e respeitar o erro quando construtivo, ele pode problematizar, questionar, ajudar a pensar. (WEISZ, 2000).

A proposta pedagógica embasada em uma teoria construtivista defende a ideia de que o professor define a ação por meio do que o aluno compreende ou não, a fim de desenvolver as aptidões da turma. Por isso, critica veemente o educador que apenas aplica a avaliação em seus alunos, não dando-lhes feedback real sobre o que, e onde, erraram, bem como sem lhes proporcionar as respostas corretas para que, assim, efetivamente aprendam.

Deste modo, o desafio da teoria construtiva está envolto em algumas características, quais sejam: explorar, conceituar, produzir, desenvolver, a fim de instigar o aluno pesquisador a submeter seu potencial criativo na busca de soluções e, não, simplesmente “cuspir-lhe” as informações corretas.

Destarte, cabe ao professor guiar o aluno para as fontes certas, e não induzi-lo como, infelizmente, verifica-se inúmeras vezes na atualidade.

Veja outras dicas de temas de monografias em educação.

Precisa de ajuda na elaboração de sua monografia de educação? Solicite seu orçamento para que possamos atende-lo, elaborando monografia sobre tema em educação.

 

Autor: Trabalhos Monográficos